Reitor do IFTO ressalta importância de alcançar metas institucionais | Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins

Data da Publicação: 29 jun 2015
Hora da Publicação: 15:31
Reitor do IFTO ressalta importância de alcançar metas institucionais
Autor: Comunicação

O reitor do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Francisco Nairton, solicitou aos diretores-gerais dos campi e aos pró-reitores o cumprimento de meta referente ao indicador institucional relação aluno-professor. O assunto foi tratado neste mês de junho via memorando-circular e durante a última reunião do Colégio de Dirigentes (Codir).

Segundo o Termo de Acordo de Metas e Compromissos estabelecido pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) junto aos Institutos Federais, a relação deve ser de 20 alunos matriculados para cada professor. Conforme levantamento feito pela Pró-reitoria de Ensino (Proen), no primeiro semestre deste ano, o IFTO apresentou o índice geral de 18,57. Os dados foram obtidos via Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec/MEC).

Diante do cenário, o reitor alertou os gestores para a necessidade de melhorar os números e, assim, cumprir a meta. “Os campi com relação aluno-professor inferior ao índice 20 ficarão suspensos de percepção de novos códigos de vagas de professor até regularização do indicador”, diz Nairton no memorando. A medida visa também chamar a atenção para as possíveis mudanças nos índices diante da chegada de novos professores, via concurso público, no segundo semestre deste ano.

O levantamento aponta que, entre os campi, apenas duas unidades apresentaram números acima do indicador neste primeiro semestre: o Campus Avançado Formoso do Araguaia e o Campus Colinas do Tocantins. Abaixo, os números de cada unidade, apresentados pela Proen, referentes ao indicador relação aluno-professor:

Campus Araguaína: 18,04

Campus Araguatins: 19,76

Campus Avançado Formoso do Araguaia: 58,00

Campus Avançado Lagoa da Confusão: 16,71

Campus Avançado Pedro Afonso: 19,30

Campus Colinas do Tocantins: 23,26

Campus Dianópolis: 11,03

Campus Gurupi: 14,31

Campus Palmas: 19,98

Campus Paraíso do Tocantins: 17,45

Campus Porto Nacional: 19,31

O reitor lembrou ainda que a Setec, em conjunto com a Câmara de Ensino e o Fórum de Ensino, está finalizando estudos sobre o conceito de aluno-equivalente e demais indicadores para a rede federal. Vale ressaltar que os números acima foram obtidos a partir de número de matrículas, não sendo trabalhado ainda o conceito aluno-equivalente.

Ainda sobre os indicadores do IFTO, Nairton instituiu comissão responsável pela elaboração de Plano Estratégico para Permanência e Êxito dos estudantes do IFTO, visando melhorar os indicadores de evasão e retenção.

Texto: Mayana Matos