Primeira revista científica do IFTO será lançada neste ano | Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins

Data da Publicação: 25 set 2015
Hora da Publicação: 17:50
Primeira revista científica do IFTO será lançada neste ano
Autor: Comunicação

Os profes2015-09-17_Reunião Revista Científica (Propi) 001sores pesquisadores e a equipe da Pró-reitoria de Pesquisa e Inovação (Propi) do Instituto Federal do Tocantins (IFTO) estiveram reunidos para definir os principais pontos acerca da primeira revista científica da instituição. O lançamento do material está previsto ainda para esse ano.

Na reunião, foram definidos os nomes que vão compor o Conselho Editorial, a indicação da Prof.ª Cristiane Miranda para editora-chefe da revista e ainda quem serão os membros da equipe técnica. Além disso, foram lidas e corrigidas as minutas do regulamento da revista, normas para publicação e ficha de avaliação dos ad hoc.

Segundo a coordenadora de Pesquisa e editora-chefe da revista, professora Cristiane Miranda, o principal objetivo deste projeto é publicar tudo que está sendo feito em termos de artigo científico na rede do IFTO. “Essa revista visa promover e alicerçar a pesquisa na instituição, sendo um canal de divulgação da mesma, além de que, estará aberta a publicação de outras instituições de ensino e pesquisa, tanto nacionais quanto internacionais, promovendo a difusão do conhecimento.”

Ainda de acordo com Cristiane, quando disponibilizada, a revista será distribuída online pela plataforma OJS – Open Journal Systems, um software desenvolvido pela Universidade British Columbia que foi feito para a construção e gestão de publicações periódicas eletrônicas, visando à economia de papéis desagradáveis ao meio ambiente.

O Conselho Editorial juntamente com a editora-chefe, estão produzindo o regulamento que trata da organização da revista, desde sua finalidade e objetivos até as atribuições de cada membro e formas de submissão e avaliação pelos ad hoc. Dentre as competências que os conselheiros deliberarão, está a definição de diretrizes de avaliação dos trabalhos; o zelo pela qualidade científica e pela periodicidade da revista; a promover parcerias e cooperações com outras instituições para a busca de interação com comunidades envolvidas, instituições acadêmicas, entidades afins com a sociedade em geral; entre outros.

Texto:  Coordenação de Comunicação e Eventos (CCE/CGAB/Reitoria)