IFTO conquista 1º e 2º lugares na etapa estadual da OBR 2015 | Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins

Data da Publicação: 25 ago 2015
Hora da Publicação: 8:29
IFTO conquista 1º e 2º lugares na etapa estadual da OBR 2015
Autor: Comunicação

Estudantes do Instituto Fedmontagemeral do Tocantins (IFTO) garantiram duas conquistas na etapa regional da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR 2015). Joaquim Flávio Almeida e Wellisson Guilherme Rodrigues, do curso técnico em Informática do Campus Dianópolis, conquistaram a primeira colocação, e Arthur Martins, Artur Spíndola, Henrique Ferreira e Lucas Kauan, ambos do curso de Mecatrônica do Campus Palmas, ficaram em segundo lugar. A etapa regional da competição aconteceu no último sábado, 22, na Universidade Federal do Tocantins (UFT).

Joaquim e Welisson, que integraram a equipe GuaráBots, obtiveram o melhor desempenho do Tocantins com o robôs “Frank” e “Stein”, na modalidade de resgate (rescue junior), e garantiram o passaporte para a etapa nacional da OBR 2015, que irá acontecer em outubro, na cidade de Uberlândia (MG). Também nesta mesma modalidade, a equipe Gas Monkey, formada pelos estudantes do Campus Palmas, do IFTO, faturou o segundo lugar com os robôs “Scorpion” e “Lego”.

A equipe de estudos em robótica GuaráBots, formada pelos estudantes do Campus Dianópolis, teve orientação dos professores Dêmis Carlos Fonseca, Diego de Castro, Edwards Amaro, Marcos Dias e Thiago Guimarães. Os alunos do time de Palmas, que formaram a equipe “Gas Monkey”, contaram com a orientação dos professores Wendell Moura, Marcus André Pereira, Maxwell Moura, e Mateus Tetuzzi.

OBR

A etapa nacional, também chamada de etapa final da OBR, é sempre realizada em conjunto com outros eventos nacionais, como a Competição Brasileira de Robótica (CBR) e renomados congressos nas áreas de inteligência artificial e robótica, realizados pelas sociedades científicas que apoiam a OBR. O principal objetivo é estimular jovens estudantes, possibilitando aos finalistas estarem em contato com alguns dos maiores pesquisadores da área de robótica do Brasil.

A Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) é uma das olimpíadas científicas apoiadas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), que se utiliza da temática da robótica para atrair jovens, buscando estimulá-los a seguirem carreiras científico-tecnológicas. Além disso, a OBR promove debates e atualizações no processo de ensino-aprendizagem brasileiro, e principalmente, identifica talentos.

Texto: Coordenação de Comunicação e Eventos (CCE/Reitoria) / Fotos: IFTO