IFTO atuará no projeto Rondon-Tur | Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins

IFTO atuará no projeto Rondon-Tur
Publicação: 24/05/2013 17:33, Última modificação: 24/05/2013 17:33

Por Thâmara Filgueiras

 

Durante o mês de julho, o Instituto Federal do Tocantins (IFTO) vai atuar no projeto Rondon-Tur, que visa contribuir para o desenvolvimento das atividades turísticas durante a temporada de praias no Estado. A ação também pretende promover o intercâmbio cultural e técnico entre estudantes de cursos técnicos e superiores das duas instituições federais de ensino – IFTO e Universidade Federal do Tocantins (UFT), parceiras no projeto.

 

Por meio do projeto de extensão Rondon-Tur, que é coordenado e executado pelo Sebrae Agência de Desenvolvimento Turístico do Tocantins (Adtur), e  serão desenvolvidas atividades voltadas para o turismo em 14 praias do Tocantins durante os finais de semana do mês de julho, quando as praias recebem o maior número de turistas e visitantes locais. Para a realização das ações, serão selecionados estudantes, que atuarão em grupo de 6 ou 12 integrantes, durante os fins de semana.

 

Podem participar alunos regularmente matriculados em curso do ensino médio ou superior que já tenham completado 18 anos. Os alunos selecionados atuarão nas seguintes áreas: saúde, meio ambiente, gestão, turismo e hospitalidade, informática, serviço de alimentação, comunicação, arte, cultura e lazer.

 

Clique aqui para se cadastrar

 

As inscrições começarão na próxima segunda-feira, 27, e seguem até o dia 15 de junho. O período que compreende a atuação no projeto é de 5 a 28 de julho, sendo que as atividades serão desenvolvidas somente aos finais de semana. As praias participantes do projeto Rondon-Tur são as dos municípios de Araguacema, Araguanã, Araguatins, Caseara, Formoso do Araguaia, Filadélfia, Iraguatins, Juarina, Lagoa da Confusão, Paranã, Pedro Afonso, Peixe, Porto Nacional e Tocantinópolis.

 

A seleção dos alunos será realizada pela Adtur. Os alunos selecionados para o Rondon-Tur receberão um certificado de atuação, que servirá como complementação de estágio curricular, para alunos do ensino médio, e de atividade complementar, no caso dos de curso superior, além de transporte, hospedagem e alimentação nos dias de ação do projeto. Além disso, conforme destacou o pró-reitor de Extensão do IFTO, Helder Pereira: “a principal importância para os alunos é a experiência profissional, pois o aluno vai ter a oportunidade de colocar na prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula”.