Estudante do Campus Araguaína é premiado com medalha de prata na Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas | Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins

Data da Publicação: 9 mar 2016
Hora da Publicação: 15:03
Estudante do Campus Araguaína é premiado com medalha de prata na Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas
Autor: Comunicação

Vinicius Cainã e sua mãe, Maria do Socorro

Vinicius Cainã e sua mãe, Maria do Socorro

O estudante do curso técnico integrado em Informática do Campus Araguaína, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Vinicius Cainã Barros, conquistou medalha de prata na Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP), edição de 2015. O resultado da premiação foi divulgado pela organização na última segunda-feira, 7.

Vinicius comemorou sua vitória e declarou surpreso com o resultado. “Eu gosto de estudar coisas da física, é muito bom poder descobrir cientificamente o porquê das coisas, foi a primeira vez que fiz a prova, nunca esperei chegar tão longe, estou muito feliz”, disse.

O aluno, que tem apenas 15 anos, foi o único estudante do Tocantins premiado na OBFEP 2015. Alunos de 31 escolas da rede pública de ensino municipal, estadual e federal participaram da competição no estado. Com essa conquista, Vinicius é chamado pelos colegas de “papa medalhas”. Ele chegou à marca de cinco premiações em competições nacionais que envolvem as ciências exatas. Em 2015, ganhou: medalha de prata na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA); medalha de bronze na Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG); troféu de vice-campeão na Jornada de Foguetes; e menção honrosa por sua participação na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP).

OBFEP 2016

As inscrições para a OBFEP 2016 seguem até o dia 27 de maio e são realizadas via escola, que deverá realizar o cadastro no site da olimpíada, disponível aqui, e indicar um professor responsável para organização das etapas da competição.

A OBFEP é uma promoção do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) através do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), e constitui um programa permanente da Sociedade Brasileira de Física (SBF), responsável por sua execução. Os objetivos dessa olimpíada são a valorização da escola pública, a melhoria do ensino e estudo das ciências, propiciando ao estudante uma forma de avaliar sua aptidão e seu interesse pela Ciência, em geral, e pela Física em particular.

Texto: Coordenação de Comunicação e Eventos – IFTO